2020.08.20 // Sons à Mesa: LaBaq (€10 pax)
2020.08.20 // Sons à Mesa: LaBaq (€10 pax)
2020.08.20 // Sons à Mesa: LaBaq (€10 pax)
2020.08.20 // Sons à Mesa: LaBaq (€10 pax)
  • Carregar imagem no visualizador da galeria, 2020.08.20 // Sons à Mesa: LaBaq (€10 pax)
  • Carregar imagem no visualizador da galeria, 2020.08.20 // Sons à Mesa: LaBaq (€10 pax)
  • Carregar imagem no visualizador da galeria, 2020.08.20 // Sons à Mesa: LaBaq (€10 pax)
  • Carregar imagem no visualizador da galeria, 2020.08.20 // Sons à Mesa: LaBaq (€10 pax)

2020.08.20 // Sons à Mesa: LaBaq (€10 pax)

Preço normal
€20,00
Preço de saldo
€20,00
Preço normal
Esgotado
Preço unitário
por 
Imposto incluído.

LaBaq

Sons à Mesa
20 Agosto | 20h30

Concerto + Menu Snack: 10€ pax

Esta reserva inclui a entrada no concerto + 1 pack/jantar por lugar (independente do número efectivo de ocupantes da mesa). O pack inclui: 1 pãozote ou 1 pizza primavera ou 2 piadinas + 1 copo de vinho ou 1 fino (Troféu). Todos os produtos têm opção omnívora e vegetariana.

**

LaBaq é Larissa Baq, cantora, compositora e multi-instrumentista paulista, residente em Portugal. Lançou o seu primeiro trabalho, "voa", em 2016, um exercício que a situou como uma das vozes mais singulares da canção alternativa latino-americana e a levou a percorrer 15 países em quase 250 concertos. Em 2019, apresentou-nos "Lux", numa reviravolta estética ao seu som, que funciona como um manifesto artístico-político e a reivindicação de que cada um pode ser o seu próprio farol.

É hoje talvez um dos nomes com maior capacidade de expansão da música brasileira contemporânea, encontrando portas amplamente abertas no mercado internacional, que se traduz na edição deste segundo álbum no Brasil (Voa Music), Portugal (Omnichord Records) e Espanha (Raso Estudio).
As onze canções que compõem “Lux” (que tem colaborações de artista como Fármacos, Camila Vaccaro, Bienvenidos a la computadora, Fran Czec e Ian Chang) apresentam-nos a uma Labaq que se revoluciona de modo a revolucionar os que a rodeiam. Mais perto que nunca de cabos e máquinas, Labaq leva a sua noção da canção pop a territórios como a indietronica, a música pop alternativa ou um pop avant garde experimental sem limites, aproximando-se de artistas como Holly Herndon, Arca, Sudan Archives, Nai Palmo Tune-Yards, entre outras referências de uma estética sonora e discursiva que explora os seus próprios limites, para abrir horizontes ao pop brasileiro.


A 20 de Agosto junta-se a nós para um concerto a não perder!